Propaganda gera lealdade à marca

Comunicando benefícios funcionais e, sobretudo, criando benefícios emocionais para uma marca, a propaganda ajuda a construir lealdade a esta.

Consumidores leais são menos sensíveis a preços, crises econômicas e a propagandas dos concorrentes.

Quando um investimento em publicidade estimula a demanda de um produto, os custos fixos por unidade produzida são reduzidos.

Deste modo, criando esta economia de escala, há a criação de maiores lucros por unidade. Além disto, na medida em que a propaganda favorece a ampliação da lealdade à marca, ela ajuda a reduzir a sensibili-dade aos preços desta mesma marca, desenvolvendo inelasticidade de demanda.

Quando os consumidores tornam-se menos sensíveis aos preços, as empresas podem aumentá-los, aumentando suas margens de lucro.

A propaganda pode ampliar o nível de conscientização de produtos em lançamento.

Ampliar o período de sobrevida de um produto em maturação ou reativar produtos em declínio, quando lucrativo. Facilitar o processo de relançamento e reposicionamento de produtos.

A propaganda possibilita aos consumidores reconhecerem mais facilmente suas ne-cessidades nos produtos anunciados.

Deste modo, a propaganda ativa as necessidades que irão motivar um consumidor a comprar um produto ou serviço comunicando seus benefícios funcionais e emocionais.

Após reconhecer uma necessidade, o consumidor elabora um processo de pesquisa interna através das informações acumuladas em sua memória como resultado de re-petidas exposições a uma campanha publicitária. Se o consumidor nunca comprou uma determinada marca e não tem nem mesmo consciência da existência desta, ficam reduzidas as possibilidades de compra da mesma.